Copa América movimenta turismo nacional

Bolivianos lideram procura por passagens para o Brasil durante a competição (+497%), seguidos dos peruanos (+285%) e chilenos (+141%)
Entre os dias 14 de junho e 07 de julho, o Brasil será sede da principal competição de seleções de futebol das américas. Para além dos gramados, turistas de onze países poderão conhecer e desfrutar dos destinos nacionais. O Ministério do Turismo teve acesso a um levantamento da Amadeus, uma das maiores empresas de tecnologia e viagens do mundo, que apontou que todos os países que participam da competição registraram aumento de reservas para destinos brasileiros neste ano, em comparação ao mesmo período do ano passado.
Os campeões são os bolivianos, que compraram 497% mais passagens. Em seguida vêm os peruanos, com 285%; os chilenos, com 141%; os colombianos, com 126%; uruguaios, com 115%; e equatorianos, com 108%. Na Argentina, principal emissora de turistas internacionais para o Brasil – foram 2,2 milhões em 2017 – o aumento da procura foi de 64%. Confira tabela completa dos crescimentos abaixo.
Os resultados positivos também foram observados entre os dois países convidados para a competição: Catar e Japão. Nestes países, a busca pelo Brasil como destino, nos meses da competição, registrou aumento de 75% e 73%, respectivamente.
Cidades preferidas – Os dados também apresentaram as cidades mais beneficiadas por receber partidas: São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador. A procura pela capital paulista teve um aumento superior à média nacional entre os peruanos (631%), chilenos (615%) e colombianos (405%).
Cinco países ultrapassaram a média nacional quando o destino procurado foi o Rio de Janeiro. O maior crescimento foi observado entre cidadãos do Catar (1400%), seguido da Bolívia (945%), Uruguai (362%), Peru (351%) e Chile (153%). Já Salvador lidera entre cidadãos da Colômbia, com aumento de 1883%, e Equador, com 300%.
Fonte: MTur | Notícias
Créditos: Pedro Vilela (MTur Destinos)
Legenda: Vista aérea do Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, uma das cidades-sede da Copa América

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *